CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Jornal da direita brasileira, Estadão diz que Boric é a nova esquerda e Lula a velha

De acordo com o editorial, o Brasil deveria adotar uma política externa submissa aos interesses do imperialismo

Presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O jornal Estado de S. Paulo, porta-voz de setores da direita brasileira, classificou o chileno Gabriel Boric, que tem baixa aprovação em seu país, como "a nova esquerda", e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em seu terceiro mandato no Brasil, como obsoleto. "Se o presidente do Chile, Gabriel Boric, é o aggiornamento da esquerda latino-americana, Lula da Silva é a obsolescenza. E, ao contrário do que pensa o demiurgo petista, não se trata de uma questão de idade – basta lembrar que o quase nonagenário esquerdista Pepe Mujica, ex-presidente uruguaio, declarou com todas as letras que o regime venezuelano, aquele tratado como democrático por Lula, 'é uma ditadura, sim'”, escreve o editorialista.

"Já não existe mais espaço, portanto, para a esquerda repetir slogans caquéticos. O mundo não é mais a zona de confronto latente entre EUA e União Soviética. A pauta do bem-estar social e do combate às desigualdades deixou de ser matéria exclusiva de partidos esquerdistas. A vocação estatizante da economia não se sustenta em uma ordem mundial que requer indicadores elevados de produtividade e de competitividade das empresas e que exige, dos Estados, fundamentos fiscais e monetários sólidos. Lula, por sua senioridade, deveria ter se atualizado. É preciso, porém, que saiba: ainda há tempo, se tiver vontade", aponta ainda o editorialista, que ignora a guerra entre OTAN e Rússia, ou entre imperialismo e mundo multipolar.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO