Jornalista demitido da Jovem Pan denuncia negligência do veículo nas práticas de prevenção à Covid-19

O jornalista Leonardo Martins denunciou o veículo por demora em liberar os testes e por vetar o home office

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Leonardo Martins, demitido da Jovem Pan, denunciou o veículo no Twitter por demora em liberar testes para a Covid19 e por vetar o home office.

“Acabo de ser comunicado pelo RH da rádio Jovem Pan que fui demitido. Após um ano, sem explicações, uma vez que nem a chefia disse ter sido avisada, saio triste porque a demissão acontece num contexto difícil.”, disse.

Ele acrescentou: “Os testes para covid-19 na rádio só aconteceram após pressão dos funcionários. Há uma semana, funcionários testaram positivo. Pedi à chefia duas vezes para fazer home office e não contaminar meus familiares e amigos que moram comigo. Hoje, fui demitido.

Se foram meus posicionamentos ou meus pedidos de fazer home office numa empresa que pediu para voltarmos antes de todas as redações -e em um ambiente que poucas pessoas usam máscara de proteção- ou por um mero ‘corte de gastos’, nunca saberei.”

Confira a sequência completa abaixo: 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247