Jovem Pan é condenada por ofensa de comentarista que chamou Zanin de "bandido"

A comentarista Cristina Graeml chamou Zanin de "bandido" em 7 de outubro de 2022

Cristiano Zanin
Cristiano Zanin (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) manteve a condenação à emissora Jovem Pan e à ex-comentarista do canal de notícias Cristina Graeml. A emissora terá de indenizar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Cristiano Zanin em R$ 25 mil por danos morais. Não cabe mais recurso.

A comentarista chamou Zanin de "bandido" em 7 de outubro de 2022 e disparou, na ocasião: “Ganhou milhões do PT pra ficar visitando o Lula aqui em Curitiba na cadeia, fazendo companhia, bolando estratégias de defesa. Sofrido, né, coitadinho, apanhou tanto”.

continua após o anúncio

O desembargador José Carlos Ferreira Alves, relator do recurso, argumenta ser possível “questionar com respeito e urbanidade a escolha do autor para o cargo na Supremo Tribunal Federal”. 

No entanto, prosseguiu o magistrado, “ao rotular um respeitado advogado de ‘bandido’, a requerida evidentemente extrapola o regular exercício do direito de expressão e de informação”. (Com informações da CartaCapital). 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247