Justiça de SP determina que Google preserve mais de 2 mil vídeos da Jovem Pan com possível desinformação

A Jovem Pan teria deletado ao menos 417 vídeos

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/Instagram)


247 - A Justiça paulista determinou que o Google preserve a íntegra de mais de 2.300 vídeos publicados no YouTube pela Jovem Pan e por programas da emissora, atendendo a um pedido do Sleeping Giants, informa Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo

De acordo com a juíza Flavia Poyares Miranda, da  28ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, é necessário preservar possíveis provas de crimes, uma vez que a emissora poderia estar excluindo vídeos contendo desinformações e que são alvos de inquérito aberto pelo Ministério Público Federal (MPF).

A magistrada determinou ainda uma multa diária no valor de R$ 5.000 em caso de descumprimento.

O Sleeping Giants aponta que a Jovem Pan teria deletado ao menos 417 vídeos contendo discurso de ódio, ataques ao sistema eleitoral, informações falsas sobre a vacina contra a Covid-19, desinformação sobre a emergência climática e incitação de ódio nacional.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247