Kennedy: Cunha tratora, mas eleva resistências a seu comando

“O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, passou o trator político hoje sobre o Conselho de Ética e Leonardo Picciani, destituído da liderança do PMDB na Casa; no entanto, também aumenta a coleção de inimigos e eleva resistências à sua permanência no comando da Câmara”, avalia o colunista Kennedy Alencar

“O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, passou o trator político hoje sobre o Conselho de Ética e Leonardo Picciani, destituído da liderança do PMDB na Casa; no entanto, também aumenta a coleção de inimigos e eleva resistências à sua permanência no comando da Câmara”, avalia o colunista Kennedy Alencar
“O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, passou o trator político hoje sobre o Conselho de Ética e Leonardo Picciani, destituído da liderança do PMDB na Casa; no entanto, também aumenta a coleção de inimigos e eleva resistências à sua permanência no comando da Câmara”, avalia o colunista Kennedy Alencar (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – “O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, passou o trator político hoje sobre o Conselho de Ética e Leonardo Picciani, destituído da liderança do PMDB na Casa. No entanto, Cunha também aumenta a coleção de inimigos e eleva resistências à sua permanência no comando da Câmara”. É o que afirma o colunista Kennedy Alencar.

Segundo ele, as duas vitórias de hoje mostram que, enquanto o peemedebista mantiver o comando da Casa, tem poder de fogo para jogar para o ano que vem a análise do seu processo de cassação.

Afirma ainda que, na avaliação do Ministério Público, há elementos para condenar o presidente da Câmara na Justiça, mas isso vai demorar. Já o afastamento da presidência da Câmara, diz, seria uma ação mais arriscada, porque dependeria de aval do Supremo Tribunal Federal (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email