Kennedy: Pedido da PF ao Coaf contra Glenn parece tentativa de intimidação

Segundo o jornalista Kennedy Alencar, se a PF fizer uma "investigação para retaliar e incomodar Greenwald, é um ataque à liberdade de imprensa"; "Por isso, são necessárias explicações sobre os fundamentos para uma investigação direcionada contra o jornalista americano que vive e trabalha no Brasil"

(Foto: 247 | Câmara dos Deputados)

247 - "O pedido da Polícia Federal para que o Coaf investigue Glenn Greenwald parece ser uma tentativa de intimidar o jornalista do 'Intercept Brasil'", escreve o jornalista Kennedy Alencar em seu blog. "A PF precisa mostrar as fundamentações e suspeitas levadas ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras para justificar a investigação", afirma.

Segundo Alencar, "se for uma investigação para retaliar e incomodar Greenwald, é um ataque à liberdade de imprensa". "Por isso, são necessárias explicações sobre os fundamentos para uma investigação direcionada contra o jornalista americano que vive e trabalha no Brasil".

Nas conversas entre Moro e procuradores "há trechos que advogados consideram que podem ser configurados como crimes de prevaricação e obstrução de justiça", acrescenta o jornalista. 

Leia a íntegra no Blog do Kennedy Alencar

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247