Kotscho: sabatina de Moraes é um jogo de cartas marcadas

Jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta segunda-feira, 20, a sabatina de Alexandre de Moraes na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, nesta terça-feira, 21, é um um ato pro forma, onde todos os envolvidos já saberão o resultado; "Ninguém ali está muito preocupado com o conhecimento jurídico ou a reputação ilibada do candidato ao STF, os requisitos básicos para a nomeação de um ministro. O que todos querem ter no tribunal é um aliado de confiança na luta desesperada contra as denúncias da Lava Jato", afirma; "Pouco importa o que até agora se divulgou sobre alguns problemas na carreira acadêmica do candidato, como casos de plágio e currículo turbinado"

Jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta segunda-feira, 20, a sabatina de Alexandre de Moraes na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, nesta terça-feira, 21, é um um ato pro forma, onde todos os envolvidos já saberão o resultado; "Ninguém ali está muito preocupado com o conhecimento jurídico ou a reputação ilibada do candidato ao STF, os requisitos básicos para a nomeação de um ministro. O que todos querem ter no tribunal é um aliado de confiança na luta desesperada contra as denúncias da Lava Jato", afirma; "Pouco importa o que até agora se divulgou sobre alguns problemas na carreira acadêmica do candidato, como casos de plágio e currículo turbinado"
Jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta segunda-feira, 20, a sabatina de Alexandre de Moraes na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, nesta terça-feira, 21, é um um ato pro forma, onde todos os envolvidos já saberão o resultado; "Ninguém ali está muito preocupado com o conhecimento jurídico ou a reputação ilibada do candidato ao STF, os requisitos básicos para a nomeação de um ministro. O que todos querem ter no tribunal é um aliado de confiança na luta desesperada contra as denúncias da Lava Jato", afirma; "Pouco importa o que até agora se divulgou sobre alguns problemas na carreira acadêmica do candidato, como casos de plágio e currículo turbinado" (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta segunda-feira, 20, a sabatina de Alexandre de Moraes na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, nesta terça-feira, 21, é um um ato pro forma, onde todos os envolvidos já saberão o resultado. 

"Desde que seu nome foi indicado por Michel Temer para a vaga de Teori Zawascki, Moraes desfila pelo Senado, sempre acompanhado de uma comitiva de assessores e seguranças, como se estivesse passando a tropa em revista. Consta que já falou com todos os 81 senadores pessoalmente, mas nem precisava. Cabalou voto de seus eleitores até numa chalana ancorada no lago Paranoá, o momento mais emocionante da campanha", afirmou. 

Segundo Kotscho, a única dúvida é saber quanto tempo vai durar a "encenação" até a votação em plenário. "Ninguém ali está muito preocupado com o conhecimento jurídico ou a reputação ilibada do candidato ao STF, os requisitos básicos para a nomeação de um ministro. O que todos querem ter no tribunal é um aliado de confiança na luta desesperada contra as denúncias da Lava Jato", afirma Kotscho. 

"Pouco importa o que até agora se divulgou sobre alguns problemas na carreira acadêmica do candidato, como casos de plágio e currículo turbinado", acrescenta. 

Leia o comentário na íntegra no Balaio do Kotscho

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247