Ligado a Bivar, advogado bolsonarista compra o Diario de Pernambuco, jornal mais antigo da América Latina

O advogado bolsonarista Carlos Frederico de Albuquerque Vital, ligado ao presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PE), agora terá o controle acionário do Diário de Pernambuco, o jornal é o mais antigo da América Latina. Decisão faz parte de um movimento que ataca a imprensa contrária à extrema-direita

(Foto: Agência Câmara)

247 - O advogado bolsonarista Carlos Frederico de Albuquerque Vital, ligado ao presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PE), agora terá o controle acionário do Diario de Pernambuco, do Aqui Pernambuco e das rádios Clube AM e FM. A informação foi divulgada no blog da procuradora no Recife Noelia Brito

Em nota divulgada no site do Diario, o jornal mais antigo da América Latina, o advogado confirmou que "as negociações para a aquisição das cotas pertencentes ao Grupo R2 foram finalizadas, estando neste momento em transição de gestão".

"A nova diretoria a ser instalada reafirma seu compromisso com a verdade da informação e sua total isenção politica ou partidária na linha editorial de seus veículos de comunicação".

Donos do jornal, Alexandre Rands e Maurício Rands confirmaram a venda da empresa. "Nós, da presidência atual do Diario de Pernambuco, que somos responsáveis pelos jornais Diario de Pernambuco e Aqui PE, além de seus portais na internet, e pelas rádios Clube AM e FM, viemos comunicar a venda de nossa participação e controle nesse grupo de comunicação", afirmaram, em nota.

"Infelizmente, as diversas fragilidades financeiras de uma empresa com o histórico existente nos impediram de prosperar da forma que gostaríamos e que esses meios de comunicação merecem. Estamos confiantes de que esta é a decisão mais acertada para o futuro do Diario e das rádios Clube. Esses veículos representam patrimônios importantes do povo pernambucano e por tal merecem superar as atuais dificuldades. Os novos controladores seguramente terão melhores condições de conduzi-los em tal jornada". 

No Twitter, o escritor Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, comemorou a decisão e defendeu que é preciso "tirar a mídia das mãos dos comunoglobalistas". 

Embate com mídia tradicional

A compra do jornal faz parte de um movimento contra a imprensa contrária à extrema-direita. No ideal bolsonarista de que a mídia faz parte de um compô da esquerda.

Desde que assumiu o governo, Jair Bolsonaro, sem habilidade política, critica a imprensa tradicional e tem a rede social como uma de suas principais ferramentas para se comunicar com a população.

Um dos seus "golpes" mais recentes na mídia tradicional foi acabar com a exigência de publicação de balanços em jornais impressos. Segundo Medida Provisória que circula no Diário Oficial da União, as empresas brasileiras deixam de ser obrigadas a veicular publicidade em jornais como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, e outros. No caso do Valor Econômico, que é da Globo, o jornal tem 40% de sua receita na publicidade legal (veja aqui). 

Laranjal do PSL

Carlos Frederico de Albuquerque Vital é ligado ao deputado federal Luciano Bivar (PE),  envolvido em um esquema de candidaturas laranjas do PSL. O parlamentar Bivar teria apoiado o repasse de R$ 400 mil em verbas do fundo partidário para uma candidata "laranja" em Pernambuco. Maria de Lourdes Paixão, 68 anos, teria sido a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o País. O agora ex-ministro Gustavo Bebianno teria autorizado o repasse.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou seis vereadores no Piauí por terem fraudado a cota para candidaturas femininas, o que pode gerar um efeito cascata em diversos estados e na Câmara. O PSL pode perder 7 deputados federais, sendo 6 deputados em Minas e 1 em Pernambuco, que seria justamente Luciano Bivar.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247