Lobão declara que Bolsonaro “precisa ser interditado urgentemente”

“Bolsonaro colocou o país em estado de ingovernabilidade: não é possível suportar um presidente que passa o tempo todo desfazendo ou prejudicando todas as ações dos governos estaduais”, afirmou o músico Lobão, ex apoiador do governo

Lobão e Jair Bolsonaro
Lobão e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | Reuters)

247 - O músico Lobão, que rompeu com Jair Bolsonaro, usou suas redes sociais nesta quarta-feira (25) para declarar que o ocupante do Planalto “precisa ser interditado urgentemente”. 

Durante discurso transmitido em Rádios e TVs do país, Bolsonaro tentou minimizar a magnitude da pandemia do novo coronavírus. 

Em tweet, Lobão afirmou: “Bolsonaro colocou o país em estado de ingovernabilidade: não é possível suportar um presidente que passa o tempo todo desfazendo ou prejudicando todas as ações dos governos estaduais e anulando a figura do ministro da saúde. Esse indivíduo precisa ser interditado urgentemente”

Confira o tweet:

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247