CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Luis Costa Pinto: Nise Yamaguchi deveria ter saído presa da CPI

"Ela é uma cínica, uma charlatã, ela foi calhorda, ela foi desrespeitosa com a instituição Senado, com a instituição Congresso", disse o jornalista à TV 247 sobre a médica que prestou depoimento nesta terça-feira à CPI da Covid

Imagem Thumbnail
Luis Costa Pinto e Nise Yamaguchi (Foto: Reprodução | Jefferson Rudy/Agência Senado)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O jornalista Luis Costa Pinto, em entrevista ao Boa Noite 247 nesta terça-feira (1), afirmou que a médica Nise Yamaguchi, que prestou depoimento à CPI da Covid durante o dia, deveria ter saído presa do Senado Federal depois de ter sido desmascarada como uma "charlatã" que prega o suposto "tratamento precoce" contra a Covid-19.

Para o jornalista, Nise merecia ser presa tanto quanto o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, o ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) Fabio Wajngarten e a secretária do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Essa Nise Yamaguchi é uma cínica. Não vou economizar os adjetivos. Ela é uma cínica, uma charlatã, ela foi calhorda, ela foi desrespeitosa com a instituição Senado, com a instituição Congresso. Ela tinha que ter saído presa dali. Ela é mentirosa, ela não é cientista, ela é charlatã. O senador Otto Alencar foi muito feliz na colocação dele", afirmou.

Luis Costa Pinto ainda disse que a situação da médica no relatório da CPI "será grave".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Nise Yamaguchi foi à CPI nesta terça-feira como convidada, e não como testemunha, como os depoentes anteriores.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO