Lula cita livro de Janot e diz que 'a casa está caindo'

O ex-presidente Lula, preso há quase um ano e meio através de uma condenação obscura que começa a ser contestada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), citou o livro do ex-procurador Rodrigo Janot para reiterar suas alegações acerca do processo mentiroso e político que o condenou sem provas. Ele diz: "é só pegar o livro do Janot, que a gente vê na página 182, no capítulo décimo quinto, essa frase aqui: 'objeto do desejo chamado Lula'". Assista

Entrevista do ex-presidente Lula concedida a TV 247.
Entrevista do ex-presidente Lula concedida a TV 247. (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula, preso há quase um ano e meio através de uma condenação obscura que começa a ser contestada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), citou o livro do ex-procurador Rodrigo Janot para reiterar suas alegações acerca do processo mentiroso e político que o condenou sem provas. Ele diz: "é só pegar o livro do Janot, que a gente vê na página 182, no capítulo décimo quinto, essa frase aqui: 'objeto do desejo chamado Lula'". 

Em entrevista ao site Migalhas, Lula afirmou: "por isso eu quero que tenha um julgamento justo, quero que leia o inquérito, para saber quem é que está mentindo neste processo. O que eu não posso é aceitar um julgamento político. Eu estou dizendo isso há 4 anos e se não bastasse eu falar, é só pegar o livro do Janot, que a gente vê na página 182, no capítulo décimo quinto, essa frase aqui: 'objeto do desejo chamado Lula'". 

O ex-presidente ainda disse: "eu cansei de falar que eu era um objeto de desejo para a Lava Jato de Curitiba.  Então agora, a casa está caindo. Em benefício de quem? Em benefício da verdade, em benefício da verdadeira justiça e em benefício de um julgamento justo que é a única coisa que eu quero."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247