Lula pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada

Anúncio foi feito pelo ex-presidente durante entrevista ao jornalista Kennedy Alencar nesta sexta-feira 3; "Entrevistei Lula hj. Ele disse que pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada. Falou que teria reunião hoje com seus advogados para solicitar benefício que tem por direito deixando claro que não desistirá de provar inocência e q atitude não é admissão de culpa", informou Kennedy pelo Twitter; em seu blog, ele publicou trechos da conversa com Lula; confira

Lula pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada
Lula pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ex-presidente Lula pretende pedir na Justiça progressão de regime para deixar a prisão fechada na qual se encontra há quase um ano e um mês em Curitiba. Condenado em terceira instância no caso do triplex do Guarujá, Lula teve redução de pena no julgamento do Superior Tribunal de Justiça em abril deste ano, o que permitira que em poucos tempo ele poderia passar a cumprir sua pena em casa, no regime semiaberto. 

O anúncio foi feito pelo ex-presidente durante entrevista ao jornalista Kennedy Alencar na manhã desta sexta-feira 3, na sede da Superintendência da Polícia Federal da capital do Paraná. "Entrevistei Lula hoje. Ele disse que pretende pedir progressão de regime para deixar prisão fechada. Falou que teria reunião hoje com seus advogados para solicitar benefício que tem por direito deixando claro que não desistirá de provar inocência e q atitude não é admissão de culpa", informou Kennedy pelo Twitter.


Em seu blog, o jornalista publicou alguns trechos da conversa que teve com Lula e informou: "Nos próximos dias, haverá a publicação de mais trechos da entrevista, que farão parte de um projeto internacional em andamento. Acompanhem...".

PUBLICIDADE

Lula: Por que você acha que eu digo que não troco a minha dignidade pela minha liberdade? Porque, de vez em quando as pessoas falam “Ah, mas agora foi julgado e tem a tal da detração [penal] e você já pode sair”. Obviamente, quando os meus advogados disserem “Lula, você pode sair”, eu vou sair. Só sairei daqui se qualquer coisa que tiver que tomar decisão não impedir de eu continuar brigando pela minha inocência.

Kennedy Alencar: A questão da detração, presidente, é um direito que o sr. tem, porque o sr. já tem menos de oito anos de pena a cumprir. E, no regime brasileiro, pode ir para o semiaberto. Como não há vagas, o sr. poderia sair para trabalhar durante o dia e voltar para casa. O sr. vai pedir a detração penal?

Lula: Olha, eu só pedirei no dia em que meus advogados, o Cristiano [Zanin] e o [Roberto] Batochio, disserem pra mim “Presidente Lula, o sr. pode pedir, que, se o sr. pedir, o sr. pode continuar a sua briga pela sua inocência”.

PUBLICIDADE

KA: Os advogados já dizem isso.

Lula: Os meus advogados não disseram. Eu vou ter uma reunião com o Cristiano hoje, que eu quero entender bem isso. Tem muita gente dando palpite.

KA: Então, vamos ser claros aqui: se os advogados disserem que sr. pode pedir esse direito e isso significar que o sr. pode continuar dizendo que é inocente, o sr. vai pedir?

PUBLICIDADE

Lula:  Não é só dizendo, não. Eu quero continuar provando a minha inocência. Aí, eu posso pedir. (…)  Olha, se os advogados disserem para mim, “Lula, você pode pedir a detração e você vai continuar brigando pela sua inocência do mesmo jeito que você está”, eu não tenho nenhum problema de pedir, porque eu quero sair daqui.

KA: O sr. vai pedir ou não vai pedir?

Lula: Eu posso pedir.

PUBLICIDADE

KA: Pode ou vai?

Lula: Posso pedir se eles me garantirem que eu posso continuar me defendendo.

KA: Seja claro, presidente… se eles disserem, o sr. vai pedir?

Lula: Peço. Eu quero ir pra casa. Agora, se eu tiver que abrir mão de continuar a briga pela minha defesa, eu não tenho nenhum problema de ficar aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email