Mãe de professor assassinado desabafa: quando Witzel vai parar de matar?

Sandra Mara, mãe de Jean, um professor de jiu-jitsu, atuante em trabalhos sociais, pai de quatro filhos e assassinado pela polícia de Wilson Witzel, deu entrevista afirmando incisivamente que o professor – cujo primeiro nome é Jean – é inocente, e questionando “até quando a polícia de Witzel vai continuar matando por engano”

Mãe de professor assassinado desabafa: quando Witzel vai parar de matar?
Mãe de professor assassinado desabafa: quando Witzel vai parar de matar?

247 - Sandra Mara, mãe de Jean, um professor de jiu-jitsu, atuante em trabalhos sociais, pai de quatro filhos e assassinado pela polícia de Wilson Witzel, deu entrevista afirmando incisivamente que o professor – cujo primeiro nome é Jean – é inocente, e questionando “até quando a polícia de Witzel vai continuar matando por engano”.

O jornal GGN destaca que "no Complexo do Alemão, populares indignados aguardam nas ruas enquanto a perícia não chega. Pouco antes das 19h de terça (14), o coletivo Papo Reto iniciou a transmissão ao vivo dos momentos de tensão. A polícia de Witzel é acusada novamente de ter assassinado um civil sem indícios de envolvimento com o crime: um professor de jiu-jitsu, atuante em trabalhos sociais, pai de quatro filhos."

E acrescenta: "segundo relatos da equipe do Papo Reto, o corpo está no local há cerca de 4 horas. A divisão de homicídio informou equivocadamente à imprensa que o corpo já foi removido, mas na verdade a viatura responsável pelo transporte ainda aguarda a chegada dos peritos da Polícia Civil para proceder à perícia. Para o coletivo, a demora é sinal de descaso com mais um negro morto pelo despreparo das forças de repressão do Estado."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247