Manuela D’Ávila: ‘quando os criminosos que espalham fake news serão responsabilizados pelos seus crimes?’

Manuela D’Ávila denunciou que a deputada bolsonarista Carla Zambelli propagou, na TV, a mentira de que no Ceará estão enterrando caixões vazios, fazendo com que pessoas abram caixões lacrados, podendo se expor à infecção

Manuela D'Ávila e Carla Zambelli
Manuela D'Ávila e Carla Zambelli (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Ex-candidata à vice-presidência na chapa de Fernando Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB) denunciou em publicação no twitter, nesta quinta-feira, 30, que diante de fake news bolsonaristas, pessoas estão abrindo caixões lacrados - colocando-se em risco de infecção - para verificar se, de fato, há mortos.

Ela afirma que uma notícia falsa, que circula na internet por meio de bolsonaristas, diz que caixões estão sendo enterrados vazios para fazer “terrorismo” sobre o coronavírus, criando uma situação que seria falsa. A PCdoBista denuncia que uma deputada Bolsonarista - referindo-se a Carla Zambelli - afirmou isso na televisão. “Resultado: famílias estão abrindo caixões lacrados”, disse D’Ávila. E interrogou: “quando esses criminosos que espalham fake news serão responsabilizados pelos seus crimes?”

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247