Merval acusa Temer de obstrução judicial

"Não vejo nenhuma outra razão para mudança tão intempestiva no ministério da Justiça que não seja uma tentativa de interferir no trabalho da Polícia Federal", diz o colunista Merval Pereira; ele lembra ainda que o próprio senador Aécio Neves reclamava do fato de Osmar Serraglio ser um ministro tão fraco e incapaz de controlar a PF

"Não vejo nenhuma outra razão para mudança tão intempestiva no ministério da Justiça que não seja uma tentativa de interferir no trabalho da Polícia Federal", diz o colunista Merval Pereira; ele lembra ainda que o próprio senador Aécio Neves reclamava do fato de Osmar Serraglio ser um ministro tão fraco e incapaz de controlar a PF
"Não vejo nenhuma outra razão para mudança tão intempestiva no ministério da Justiça que não seja uma tentativa de interferir no trabalho da Polícia Federal", diz o colunista Merval Pereira; ele lembra ainda que o próprio senador Aécio Neves reclamava do fato de Osmar Serraglio ser um ministro tão fraco e incapaz de controlar a PF (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Quem diria! O colunista Merval Pereira agora enxerga obstrução judicial na troca repentina no comando da Justiça.

Confira, abaixo, seu comentário na CBN:

"Não vejo nenhuma outra razão para mudança tão intempestiva no ministério da Justiça que não seja uma tentativa de interferir no trabalho da Polícia Federal. Se o novo ministro Torquato Jardim fosse escolhido para tentar negociar no TSE - do qual já foi ministro - a favor do Temer não precisaria ser ministro da justiça, poderia ficar no ministério da Transparência e usar sua influência em conversas de bastidores. Havia muitas críticas quanto à fraqueza de Osmar Serraglio à frente do ministério e a gravação do Aécio com o Joesley mostrou claramente essa situação, mas se o novo ministro mudar o diretor ou tentar interferir na PF a favor do governo vai criar uma crise política muito grande."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247