Merval reconhece que Bolsonaro já deu vários motivos para ser derrubado

Mas mídia corporativa decidiu não aderir ao Fora Bolsonaro, apesar dos crimes

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornalista Merval Pereira, do Globo, reconhece que Jair Bolsonaro cometeu crimes e, portanto, deu motivos para ser impedido, em sua coluna desta terça-feira. "Bolsonaro, por sua vez, já deu diversas razões para ser impedido, esta última tendo sido apenas mais uma das transgressões que poderiam lhe custar acusações de crimes de responsabilidade. O presidente Jair Bolsonaro testa constantemente os limites: avança, e diante de reações fortes, volta atrás", escreveu.

"Mas até quando faz isso, mostra seu espírito totalitário. Ele tem que obedecer à Constituição, e não falar que é a Constituição. O entendimento dele sobre o que é democracia é completamente nulo, e por objetivo político, não por ignorância – embora seja ignorante em muitas coisas", afirma.

"Na questão política, ele não quer dar espaço para outros poderes, não aceita ser limitado por ninguém, o que mostra o seu espírito autoritário. As cenas de domingo são inaceitáveis. As faixas que ele disse serem infiltradas foram feitas da mesma maneira, colocadas em pontos estratégicos, ele sabia perfeitamente o que aconteceria. Poderia ter mandado abaixar as faixas, se realmente não concordava com elas", finaliza.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247