Michel Teló derrapa no seu vídeo internacional

O clipe de Ai, se eu te pego conquistou 100 milhes de fs pela sensualidade natural da mulher brasileira; no vdeo internacional de Oh, if I catch you, para ingls ver, Tel apelou para o grande esteretipo da brasilidade, a bunda, e fez algo maisparecido com um comercial de cerveja; assista

Michel Teló derrapa no seu vídeo internacional
Michel Teló derrapa no seu vídeo internacional (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Michel Teló é um fenômeno. Um dos primeiros artistas do mundo a superar a marca de 100 milhões de visualizações no YouTube com o clipe de “Ai, se eu te pego”. O sucesso do vídeo pode ser explicado pelas qualidades da canção – que, sim, transmite alegria – mas, sobretudo, pela fórmula inteligente do vídeo. Gravado ao vivo num show de Teló, o vídeo mostra mulheres lindíssimas, estonteantes, liberando toda a sua sensualidade na plateia. Mulheres que, quem sabe, podem ser encontradas num show do artista no Villa Country, em São Paulo.

Depois do sucesso, a canção já foi gravada em diversos idiomas, alavancou a carreira de outros artistas em vários países e o próprio Teló decidiu se aventurar internacionalmente, lançando a versão em inglês. O vídeo de “Oh, if I catch you” acaba de ser disponibilizado no YouTube e tem uma fórmula barata, que mais se parece com a de um comercial de cerveja. São mulheres de fio dental, dançando sobre lanchas em Angra dos Reis. Algo tão natural quanto uma propaganda da Devassa.

Teló fará algum sucesso no exterior, mas seu vídeo representa uma derrapada estética. O segredo de “Ai, se eu te pego” é a sensualidade natural de mulheres reais brasileiras. “Oh, if I catch you” apela para o maior estereótipo da brasilidade para inglês ver: a bunda.

Assista aos dois:

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email