Mídia corporativa ataca Lula por fala correta sobre guerra da Ucrânia em entrevista à Time

Ex-presidente disse que Putin e Zelensky são responsáveis pelo conflito e que potências ocidentais não estão contribuindo para a paz

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução | Ricardo Stuckert)


247 – Uma fala correta, precisa e pacifista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a guerra da Ucrânia, em sua entrevista de capa à revista Time, está sendo usada como pretexto pela mídia corporativa brasileira para novos ataques ao ex-presidente, que lidera todas as pesquisas.

"A série de declarações com repercussões negativas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) expôs uma preocupação crescente na pré-campanha do petista a três dias do lançamento oficial da chapa com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB). Reservadamente, auxiliares do entorno do petista temem que o foco em uma base fiel à esquerda venha a minar eventuais alianças ao centro e afastar potenciais eleitores", escreve o jornal Estado de S. Paulo, nesta quinta-feira.

"No episódio mais recente, em entrevista publicada nesta quarta-feira, 4, na revista Time, Lula afirmou que o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, é 'tão responsável' quanto o presidente russo, Vladimir Putin, pela guerra. De acordo com Lula, 'foi errado invadir'. 'Mas eu acho que ninguém está procurando contribuir para ter paz', disse. Criticou ainda os Estados Unidos, a União Europeia e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)", prosseguiu o jornal conservador. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A fala de Lula, no entanto, está absolutamente correta e aderente aos fatos, como demonstrou o professor Daniel Cara:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email