Moro foi para o tudo ou nada, diz Nassif

"Agora não há alternativa. Ou Moro sai pela porta da frente, ou a democracia será escorraçada pela porta de trás. Uma coisa fica claro. Nenhum apoiador institucional de Moro poderá mais ignorar sua verdadeira personalidade", diz o jornalista Luis Nassif sobre a portaria de Sergio Moro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Luis Nassif avaliou como sendo a última cartada de Sérgio Moro para se salvar, a portaria Nº 666 do Ministério da Justiça, publicada nesta sexta-feira, 25, que pode significar a deportação do jornalista Glenn Greenwald (leia mais no Brasil 247). 

"A Portaria é o último vagido de Moro. Preparou antes de avaliar a reação da opinião pública ao factoide do hacker de Araraquara. Antes de ter essas informações, dá sua cartada final", diz Nassif, em artigo no Jornal GGN. 

"Agora não há alternativa. Ou Moro sai pela porta da frente, ou a democracia será escorraçada pela porta de trás. Uma coisa fica claro. Nenhum apoiador institucional de Moro poderá mais ignorar sua verdadeira personalidade", diz o jornalista. 

Leia o texto na íntegra no Jornal GGN

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247