Morre no Rio Maurício Sherman, um dos pioneiros da TV no Brasil, como ator, produtor e diretor

Segundo a família, Maurício Sherman, faleceu aos 88 anos em casa, na Zona Sul do Rio, de complicações decorrentes de doença renal crônica. Ele contribuiu para emissoras, como a Tupi, a Excelsior, a Bandeirantes e a Manchete

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Morreu na manhã desta quinta-feira (17), aos 88 anos, Maurício Sherman, um dos pioneiros da TV no Brasil. Segundo a família, o ex-ator, produtor e diretor faleceu em casa, na Zona Sul do Rio, de complicações decorrentes de doença renal crônica.

Sherman contribuiu para emissoras, como a Tupi, a Excelsior, a Bandeirantes e a Manchete - onde lançou as apresentadoras infantis Xuxa e Angélica.

Também ajudou a criar o "Fantástico", da Globo, e dirigiu programas humorísticos, como "Faça Humor, Não Faça Guerra", "Os Trapalhões" e os programas de Chico Anysio. Também foi diretor-executivo da Central Globo de Produção.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247