Morre produtor musical Arnaldo Saccomani aos 71 anos

O produtor musical Arnaldo Saccomani, de 71 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira. Segundo a família do artista, ele sofria de insuficiência renal e diabetes

Arnaldo Saccomani
Arnaldo Saccomani (Foto: Reprodução/SBT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O produtor musical Arnaldo Saccomani, de 71 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (27). Ele sofria de insuficiência renal e diabetes e começou a fazer hemodiálise em julho de 2019, de acordo com a família. A informação é do portal G1.

Saccomani começou a carreira em 1960, produzindo nomes como Rita Lee e Tim Maia. O artista ficou conhecido do público ao participar de programas caça-talentos, sendo seus últimos trabalhos na TV desempenhados na emissora SBT.

O produtor musical estava em seu sítio em Indaiatuba, no interior de São Paulo. Ele deixa a mulher e duas filhas. A causa da morte ainda não foi divulgada, acrescenta a reportagem.

O corpo de Saccomani será velado por volta das 10h no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, Região Metropolitana de São Paulo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247