No dia de combate ao racismo, Waack vira colunista do ‘Estado’

O jornalista William Waack, que foi demitido da Globo após protagonizar uma cena de discriminação racial, se tornou colunista do jornal O Estado de S. Paulo; sua coluna será publicada semanalmente e vai abordar a situação do País diante daquilo que ele chama de "uma encruzilhada gravíssima", que é "a falência de um contrato social de gerações"

No dia de combate ao racismo, Waack vira colunista do ‘Estado’
No dia de combate ao racismo, Waack vira colunista do ‘Estado’ (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista William Waack, que foi demitido da Globo após protagonizar uma cena de discriminação racial, se tornou colunista do jornal O Estado de S. Paulo.

Sua coluna será publicada semanalmente e vai abordar a situação do País diante daquilo que ele chama de "uma encruzilhada gravíssima", que é "a falência de um contrato social de gerações".

"Nós, brasileiros, tentamos construir um Estado de bem-estar social mas não nos preocupamos em como financiá-lo. Então, quebramos e chegamos a essa encruzilhada. Ela é muito mais perigosa e profunda do que simplesmente uma crise política causada pela bandidagem desse ou daquele agente público", diz ele.

Novo emprego de Waack ocorre cerca de três meses depois da divulgação após o vazamento de um vídeo em que ele afirma "é coisa de preto".  O caso ganhou forte repercussão nas redes sociais e obrigou a Globo demitir o jornalista. "A TV GLOBO reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV GLOBO e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração", diz a nota da emissora na ocasião (leia mais). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247