Noblat diz que PT depende da recuperação de Dilma

"O eventual retorno de Lula passará pela reabilitação de Dilma. A permanência do PT no poder passará pela reabilitação de Dilma. Se candidata outra vez ela talvez não se reeleja. Mas se for alijada da disputa presidencial para evitar uma derrota é quase seguro que o PT acabará alijado do Palácio do Planalto", diz o colunista do Globo

Noblat diz que PT depende da recuperação de Dilma
Noblat diz que PT depende da recuperação de Dilma
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O colunista do Globo, Ricardo Noblat, sugere em seu artigo desta segunda-feira que a volta de Lula traz mais riscos do que soluções para o PT. Leia abaixo:

Salvem Dilma!

"Que ninguém fique privado do necessário e que a todos sejam assegura das dignidade, fraternidade e solidariedade." -O PAPA

Dilma disse à "Folha de S. Paulo ": "Lula não vai voltar por que não saiu. " Foi em resposta à pergunta se ele voltaria a ser candidato à Presidência da República em 2014 quando, a princípio, Dilma tentará se reeleger. O que Dilma quis dizer com essa história de "não voltar por que não saiu?" Objetivamente, nada. Apenas fugiu de uma resposta direta à pergunta. Razoável. Nem ela sabe o que vai acontecer.

UMA COISA É termos uma presidência compartilhada como temos hoje. Dilma não se sente segura para governar sozinha. Pede conselho a Lula sempre que a infelicidade bate à sua porta. Se não pede, ele oferece por telefone. Ou por meio de ministros e assessores que devem o emprego a ele e não a Dilma. Bem, outra coisa é proceder como Lula quando Dilma substituiu José Dirceu na chefia da Casa Civil.

PARA ENGANAR os tolos, Lula passou os dois últimos anos do seu segundo mandato repetindo que Dilma governava tanto quanto ele. E que era melhor gestora do que ele. Dilma fazia o que Lula mandava. Muitas das sugestões que deu foram acatadas por Lula, outras não. Lula entregou a gerência do governo a ela para governar à vontade. Não se governa sem fazer política. Muito menos se governa centralizando tudo.

LULA TEVE melhor equipe do que Dilma tem. Embora soubesse lidar com políticos, cercou-se de gente que também sabia. Os bons ventos sopraram a economia enquanto governou. Por hábil e carismático, levou no gogó a maior ia dos brasileiros sempre que se viu em aperto. Depois de consultar amigos, viu que não valeria a pena batalhar pelo terceiro mandato consecutivo. Deu um tempo. Chamou Dilma. Espera reciprocidade.

HÁ CONDIÇÕES para que a reciprocidade se consuma. Mas Dilma está obrigada a reagir. Sua popularidade não poderá continuar caindo. Falta mais de um ano para a próxima eleição. Se Dilma chegar feito um trapo em março, não parecerá natural anunciar para deleite certo do distinto público: "Senhoras e senhores, o candidato do PT e de nove entre dez partidos à Presidência da República será Luiz Inácio Lula da Silva".

QUE BRINCADEIRA é essa? A melhor gestora do governo Lula teria fracassado ao se tornar gestora do seu próprio governo? Ou simplesmente Lula mentiu ao imputar-lhe a falsa condição de melhor gestora? Lula pensa que é assim? Que o país engolirá a desculpa de que o mau desempenho de Dilma surpreendeu até ele mesmo? Mas que uma vez de volta ele haverá de correr atrás do tempo perdido?

O EVENTUAL retorno de Lula passará pela reabilitação de Dilma. A permanência do PT no poder passará pela reabilitação de Dilma. Se candidata outra vez ela talvez não se reeleja. Mas se for alijada da disputa presidencial para evitar uma derrota é quase seguro que o PT acabará alijado do Palácio do Planalto. Sem arrogância alguma, aceita-se apostas. Cartas à redação. Ou melhor: e-mails

Na semana passada, Arthur Lyra (AL), líder do PP na Câmara dos Deputados, localizou por telefone em Nova York o senador Cyro Nogueira (PI), presidente do partido. O PP tem 40 deputados federais. E quase todos estão dispostos a negar seus votos ao governo a partir desta semana. "Não deixe que façam isso ", apelou o senador. "Sinto muito , presidente , mas eles se sentem desprezados pelo governo ", respondeu Arthur . "Então proceda assim ", sugeriu Cyro: "Morra pela presidente. Mas não se deixe matar." E desligou. Arthur acha que entendeu.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247