NYT aponta “uma tempestade perfeita” no Brasil

De acordo com o jornal americano The New York Times, Jair Bolsonaro "estava lutando para governar efetivamente muito antes do discurso explosivo de demissão de seu ministro, que basicamente considera seu chefe um criminoso"

(Foto: Divulgação - Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornal americano The New York Times avalia que o Brasil vive uma "tempestade perfeita" com o aprofundamento de uma crise política ao mesmo tempo em que a economia não cresce e o País é atingido por uma pandemia global.

"O presidente estava lutando para governar efetivamente muito antes do discurso explosivo de demissão de seu ministro, que basicamente considera seu chefe um criminoso", diz o texto.

"Nas últimas semanas, a resposta surpreendentemente desprezível de Bolsonaro à pandemia de coronavírus, que ele chamou de ‘resfriadinho’ e que não pode ser um impeditivo para o crescimento econômico, gerou pedidos de impeachment no Congresso e perplexidade no exterior", continua.

O NYT destaca que a popularidade de Bolsonaro. "A oposição do presidente às medidas de distanciamento social o levou a demitir seu popular ministro da Saúde na semana passada e a brigar com alguns dos governadores mais poderosos do país", complementa.

O jornal cita Acácio Machado, aposentado de 70 anos, que vive no Rio de Janeiro e votou em Bolsonaro em 2018. Ele diz que se arrependeu de sua escolha. "Votei na esperança de que houvesse mudança, mas fui enganado”, afirma, acrescentando que muitos amigos que votaram em Bolsonaro também passaram a lamentar sua decisão. "Se eu tivesse uma bola de cristal na época, teria estragado meu voto".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247