Reinaldo cobra renúncia de Mourão e saída de militares do governo golpista de Bolsonaro

O jornalista Reinaldo Azevedo cobrou a saída dos militares do governo Bolsonaro. Ele diz: "caiam fora do governo e se atenham às suas tarefas constitucionais. Estendo a exortação aos militares da reserva, que estão contribuindo para manchar a reputação das Forças Armadas com sua adesão a um governo tosco"

Reinaldo Azevedo
Reinaldo Azevedo (Foto: Reprodução/Youtube)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo cobrou a saída dos militares do governo Bolsonaro. Ele diz: "caiam fora do governo e se atenham às suas tarefas constitucionais. Estendo a exortação aos militares da reserva, que estão contribuindo para manchar a reputação das Forças Armadas com sua adesão a um governo tosco"

Em sua coluna no portal Uol, o jornalista se pergunta: "será mesmo verdade que os militares amam a pátria, como eles próprios gostam de dizer em linguagem sempre grandiloquente? Sendo verdade, existe um caminho claro para evitar uma crise institucional, para onde quer nos empurrar o presidente Jair Bolsonaro."

Azevedo ainda diz: "senhores generais, admitam: já dá para saber que deu errado, não é mesmo? Vocês imaginaram uma coisa, e deu outra. Aliás, nem havia como dar certo, uma vez que a tarefa de fardados, especialmente os da ativa, é a defesa da pátria, segundo dispõe a Constituição, não governar."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247