Para Eliane, Aécio e Campos disputam classe média

Segundo a colunista Eliane Cantanhêde, ambos tentam mostrar a cara para um universo de 104 milhões de eleitores, numa eleição que se mostra "imprevisível"

Segundo a colunista Eliane Cantanhêde, ambos tentam mostrar a cara para um universo de 104 milhões de eleitores, numa eleição que se mostra "imprevisível"
Segundo a colunista Eliane Cantanhêde, ambos tentam mostrar a cara para um universo de 104 milhões de eleitores, numa eleição que se mostra "imprevisível" (Foto: Felipe L. Goncalves)

247 - Aécio Neves e Eduardo Campos, os dois presidenciáveis da oposição, começam a mostrar a cara para um universo de 104 milhões de eleitores, a nova classe média, e cada um conta com seu trunfo: FHC e Marina Silva, respectivamente.

A análise é da jornalista Eliane Cantanhêde, na coluna "Oposição mostra a cara". "Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) se movem sob o impulso de vários dados captados pelo Datafolha, especialmente de um: 72% dos entrevistados dizem que querem mudança. Quem dá mais?", diz ela.

"Aécio é a estrela de programas na TV, com uma novidade de forte apelo político e de resultados eleitorais incertos: depois de mais de uma década de jejum em campanhas, FHC, 82, ressurge defendendo renovação, juventude e capacidade", afirma.

"E Eduardo Campos vai finalmente anunciar Marina Silva como sua vice numa festança amanhã em Brasília, com atores, músicos, poetas regionais. Selado o casamento, os noivos vão à internet papear com o eleitorado, reiterando o que Lula já antecipara: as redes sociais serão de grande valia, essenciais mesmo, nas campanhas de 2014."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247