Para onde vai o iG?

Negociaes para a venda do portal entram na reta final; mercado aposta na compra pela RBS; ao 247, no entanto, grupo gacho nega interesse; tambm ouvido, Yahoo! deixa no ar possibilidade de adquirir o site; por ai!

Para onde vai o iG?
Para onde vai o iG? (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O que o mercado dá como certo – a venda do portal iG para o grupo de mídia gaúcho RBS – está tomando um novo rumo. O gigante Yahoo! é, neste momento, o favorito para ficar com o veículo de internet cujo controle pertence ao grupo português Portugal Telecom.

“Nós não compramos nem vamos comprar o iG”, registrou, a partir de questionamento do 247, um porta-voz oficial do grupo RBS. “Já negamos essa especulação antes; continuamos negando agora”, completou a mesma fonte.

Também procurado, o gigante de buscas Yahoo! preferiu manter suspense sobre a possibilidade de comprar o iG. "O Yahoo! não comenta sobre rumores ou especulações", disse, em nota oficial. O mercado, no entanto, aposta nessa compra.

O iG, por seu lado, manifestou ao 247 não poder informar, oficialmente, qualquer manifestação sobre a negociação, já que a empresa controladora do portal é a Oi. Procurada pelo Brasil 247, a companhia do Rio de Janeiro afirmou, por meio de posicionamento, "que não procede a informação de que esteja sendo negociada a venda do portal iG para o Grupo RBS". Segundo a Oi, "não está na pauta no momento nenhuma operação nesse sentido envolvendo o iG".

No mercado, são comuns negações deste tipo, no entanto, mesmo que depois se conclua a negociação. Há rumores de que, dentro da redação do iG, muitos funcionários já tenham conhecimento que o portal está à venda.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email