Pastor Malafaia escorrega no português e promete ‘funicar’ líder gay

Tuiteiros brincam com erro de pastor e lanam hashtag #MalafaiaEscolheuFornicar

Pastor Malafaia escorrega no português e promete ‘funicar’ líder gay
Pastor Malafaia escorrega no português e promete ‘funicar’ líder gay (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Um suposto tropeço gramatical do pastor Silas Malafaia caiu nas graças da tuitosfera. Em entrevista à revista Época, o apresentador evangélico declarou guerra ao atual presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis (ABGLT), Toni Reis. Segundo a revista, Malafaia disse: “Eu vou arrebentar o Toni Reis... Eu vou fornicar esse bandido, esse safado”. No Twitter, o pastor retrucou o jornalista que o entrevistou e disse que falou “funicar”. “Na linguagem vulgar, ‘funicar’ significa ‘ferrar’ o movimento gay”, esclareceu Malafaia. Pouco tempo depois, deletou esse tuíte.

A inusitada promessa de fornicação – ou “funicação” – surpreendeu a sociedade e, como reflexo, as redes sociais. Tuiteiros levaram aos Trending Topics a hashtag #MalafaiaEscolheuFornicar. Afinal, não dá (sem trocadilhos) para deixar passar em branco os instintos mais primitivos da gramática de Malafaia. “Ele podia estar orando, mas #MalafaiaEscolheuFornicar”, brincou @LucasDcan. Teve até canção para o pastor: “Quero ver você não chorar, não olhar pra trás, nem se arrepender do que faaaaz... #CanteParaMalafaia”, ironizou @jufreitascs.

O clima está tenso entre o pastor e Toni Reis, da ABGLT, por causa da condenação pública dos programas de Malafaia na TV pelo movimento gay. O presidente da entidade enviou às autoridades ligadas aos direitos humanos trechos de gravações em que Malafaia estaria fazendo apologia à violência contra gays. Na entrevista à Época, o pastor retrucou: “Nunca mandei bater em homossexual porque não sou imbecil nem idiota”. Mas, paradoxalmente, mudou de ideia logo em seguida: “Eu vou arrebentar o Toni Reis. Eu vou fornicar (ou ‘funicar’) esse bandido, esse safado. Eu vou arrombar com esses...”.

Com conotação sexual ou não, Malafaia está agora incitando agressões contra o presidente da ABGLT e até outros integrantes do movimento gay, referidos como “esses” que ele pretende “arrombar”. Pelo Twitter, Malafaia convida seus 236 mil seguidores a bombardear com críticas o site da Época que está, segundo o pastor, deturpando a fala dele. Em tempo: no Aurélio, não existe mesmo o vocábulo "funicar".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email