Paulo Gustavo apresenta melhora no quadro da Covid-19 e equipe médica se diz "otimista"

"A evolução clínica, que demanda seu tempo individual, teve - especialmente nas últimas 24 horas - sinais de evolução progressiva que geraram otimismo na equipe médica", informa o boletim médico da tarde desta segunda-feira (5)

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ator e comediante Paulo Gustavo, internado em decorrência da Covid-19 desde 13 de março em um hospital na Zona Sul do Rio, apresentou uma melhora em seu quadro, informa o boletim médico da tarde desta segunda-feira (5). 

"Desde os reajustes realizados, Paulo Gustavo tem apresentado estabilidade. A evolução clínica, que demanda seu tempo individual, teve - especialmente nas últimas 24 horas - sinais de evolução progressiva que geraram otimismo na equipe médica, que informa que:

Anteontem pela manhã o paciente foi submetido a uma pleuroscopia, quando foi identificada uma fístula bronco-pleural que impedia a adequada ventilação mecânica, tendo sido imediatamente corrigida.

Desde então, alguns importantes sinais clínicos e laboratoriais de melhora tornaram-se mais evidentes. A necessidade da ECMO [Oxigenação por Membrana Extracorpórea] permanece, embora com parâmetros mais atenuados.

Esse conjunto de dados, em que pese ainda a gravidade do paciente, vêm aumentando o otimismo da equipe médica", informa o boletim, conforme reportado no Globo.

No último dia 21, o ator havia apresentado uma piora no quadro de saúde e teve de ser intubado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email