PF quer saber de Temer o que é “alinhamento Meirelles-JBS”

"Trechos do interrogatório – por escrito – da Polícia Federal que terá de ser respondido (se não optar por calar-se) por Michel Temer colocam 'na roda' o ex-presidente do Conselho da JBS, a empresa de Joesley Batista, e hoje e-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, santificado pelo 'mercado'", destaca o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço; na conversa gravada pelo executivo, Joesley fala da necessidade de um ‘alinhamento’ com o ministro da Fazenda

30/03/2017- Brasília- DF, Brasil- O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participa da última audiência da Comissão da Reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil
30/03/2017- Brasília- DF, Brasil- O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participa da última audiência da Comissão da Reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil (Foto: Gisele Federicce)

Por Fernando Brito, do Tijolaço - Trechos do interrogatório – por escrito – da Polícia Federal que terá de ser respondido (se não optar por calar-se) por Michel Temer colocam “na roda” o ex-presidente do Conselho da JBS, a empresa de Joesley Batista, e hoje e-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, santificado pelo “mercado”.

Segundo o Estadão, na conversa foi gravada pelo executivo, Joesley fala da necessidade de um ‘alinhamento’ com o ministro da Fazenda. “Qual o sentido da expressão alinhamento?”, perguntou a PF, que indagou também se Temer autorizou o empresário a apresentar ‘pontos de interesse’ – e quais – a Henrique Meirelles.

Sobra também para a ex-presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos Marques, que é mencionada na gravação, quando Joesley batista fala em uma operação do BNDES. Os delegados, segundo o Estadão, dizem  que “Temer demonstrou ter conhecimento da operação e o questionam se fez alguma solicitação a ela”, que pediu demissão do cargo depois do escândalo..

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247