Rachel Sheherazade processa SBT em R$ 30 milhões por direitos trabalhistas

A jornalista alega na ação que foi contratada como pessoa jurídica pela emissora de Sílvio Santos, mas tinha as obrigações inerentes a um funcionário regular, como horas extras e plantões

Rachel Sheherazade e Silvio Santos
Rachel Sheherazade e Silvio Santos (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Rachel Sheherazade entrou com um processo contra o SBT, sua antiga empregadora, que pode chegar a R$ 30 milhões em indenizações. O processo trabalhista corre na 3ª Vara do Tabalho de Osasco, na Grande São Paulo desde o mês passado. As informações são do jornal "Extra". A informação é do portal UOL. 

A jornalista alega na ação que foi contratada como pessoa jurídica pela emissora de Sílvio Santos, mas tinha as obrigações inerentes a um funcionário regular, como horas extras e plantões. Para ser a âncora do "SBT Brasil", ela recebia cerca de R$ 200 mil, além dos R$ 30 mil de auxílio moradia. Rachel ficou 11 anos à frente do jornal.

Ela saiu do SBT em setembro do ano passado, um mês antes do vencimento de seu contrato, pouco depois de criticar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido-RJ) em seu jornal. Agora, Rachel pretende provar na justiça que tinha vinculo empregatício com a emissora e exige o pagamento dos direitos trabalhistas devidos desde o começo de seu contrato.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email