Record lança novo ataque contra Lula depois de prisão de diplomata venezuelano

Citando uma denúncia do ex-agente venezuelano Hugo Carvajal, reportagem da TV Record acusa Lula de ter recebido financiamento da Venezuela. Defesa diz que todo patrimônio do petista está declarado à Justiça e que Lula jamais recebeu qualquer recurso irregular

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução/TV Record)


247 - A TV Record divulgou nesse domingo (31) reportagem em que acusa o empresário colombiano Alex Saab de ser testa de ferro do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. 

Este foi o gancho para a emissora do bispo Edir Macedo, apoiador de Jair Bolsonaro, relacionar a denúncia a outros líderes da esquerda latinoamericana, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Citando uma denúncia de um ex-dirigente venezuelano chamado Hugo Carvajal, a reportagem afirma que o ex-presidente Lula teria sido citado entre líderes latinoamericanos que tiveram campanhas eleitorais supostamente financiadas pela Venezuela. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em nota à reportagem, a defesa de Lula informou que o ex-presidente petista tem um patrimônio declarado nas eleições de 2018, oriundo de 72 palestras feitas para 45 empresas, que Lula fez após ter deixado a Presidência "com quase 90% de aprovação popular". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula disse ainda que as contas e as palestras do ex-presidente foram investigadas por anos pela Lava Jato e ficou constatado que Lula recebeu todo o recurso de maneira legal e declarada e com impostos pagos. "Lula não recebeu nenhum recurso irregular em sua vida, de lugar nenhum", diz a defesa. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A matéria também traz acusações frágeis contra os irmãos Fidel e Raul Castro e contra a ex-presidente e atual vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner. 

Assista à reportagem: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email