Reinaldo denuncia censura no Portal IG

"Sob o argumento de que concorda com a política de segurança do governador, o comando do portal mandou retirar o texto do ar", destaca o jornalista Reinaldo Azevedo em referência à demissão de Walfrido Warde, que escrevia a coluna "Poder para o povo" no portal iG". O ex-colunista criticou o ato de Wilson Witzel comemorar a morte de um criminoso durante sequestro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "O advogado Walfrido Warde escrevia a coluna "Poder para o povo" no portal iG. Escrevia, não escreve mais", afirma o colunista do Uol Reinaldo Azevedo em seu blog

De acordo com o jornalista, na quinta-feira (22) o seu colega de profissão publicou o artigo intitulado "Estado assassino : é preciso compostura para matar". 

"Aborda o episódio do sequestro de um ônibus no Rio, que resultou na morte do sequestrador, Willian Augusto da Silva. Warde inscreveu o episódio na carnificina a céu aberto que acontece no Rio e criticou a espetacularização da tragédia, de que foi protagonista o governador do Estado, Wilson Witzel", afirma Azevedo. 

"Sob o argumento de que concorda com a política de segurança do governador, o comando do portal mandou retirar o texto do ar", acrescenta.


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247