Reinaldo: Lava Jato prendeu Lula sem provas e desempregou milhões de brasileiros

"A Força Tarefa, ainda a maior pauteira da imprensa, tem na sua história alguns feitos notáveis: conseguiu mandar para a cadeia um ex-presidente da República sem apresentar as provas de seu crime e tentou criar uma fundação bilionária que renderia em juros o que empresas que empregam milhares não rendem em lucros. Parte dos 12,7 milhões de desempregados se deve à sua eficiência", diz o colunista Reinaldo Azevedo, que retrata a Lava Jato como uma das maiores tragédias já ocorridas no Brasil

Reinaldo: Lava Jato prendeu Lula sem provas e desempregou milhões de brasileiros
Reinaldo: Lava Jato prendeu Lula sem provas e desempregou milhões de brasileiros

247 – O colunista Reinaldo Azevedo publicou neste domingo um balanço dos cinco anos de Lava Jato, em que retrata a operação como uma das maiores tragédias já ocorridas no Brasil. "A Lava Jato completa cinco anos hoje. Veio para mudar o Brasil. Mudou. Jair Bolsonaro é presidente da República: Sérgio Moro é ministro da Justiça; Vélez Rodriguez é ministro da Educação; Damares Alves é ministra dos que vestem azul e das que vestem rosa, e o chefe do Executivo atravessou o umbral da nova era ao divulgar um filminho pornô", escreveu ele, em sua coluna no Uol.

Reinaldo também lembra a prisão ilegal de Lula e o exército de milhões de desempregados criados pela operação. "A Força Tarefa, ainda a maior pauteira da imprensa, tem na sua história alguns feitos notáveis: conseguiu mandar para a cadeia um ex-presidente da República sem apresentar as provas de seu crime e tentou criar uma fundação bilionária que renderia em juros o que empresas que empregam milhares não rendem em lucros. Parte dos 12,7 milhões de desempregados se deve à sua eficiência. Deveria ser um esforço organizado de combate à corrupção. Tornou-se um projeto de captura do Estado. Com R$ 2,5 bilhões em caixa, poderia tentar interferir na escolha do próximo papa."

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247