Renata Lo Prete: profunda indignação agora, depois de silêncio com ataques contra Dilma

Jornalista Renata Lo Prete, ex-Folha e agora na Globo, protesta contra ataque de Bolsonaro a Patrícia Campos Mello. Ela apoiou o golpe e silenciou os ataques machistas contra Dilma. E diz que protesto contra Bolsonaro "não tem nada a ver com política"

Renata Lo Prete, Jair Bolsonaro e Patricia Campos Mello
Renata Lo Prete, Jair Bolsonaro e Patricia Campos Mello (Foto: Reprodução | PR | Abraji)

247 - A jornalista Renata Lo Prete, que apoiou o golpe de 2016 e jamais protestou contra os ataques misóginos contra Dilma Roussef, se disse indignada com o ataque de Bolsonaro a Patrícia Campos Mello. Foi no Jornal da Globo desta terça-feira (18): "Como jornalista e mulher, não posso deixar de dizer que o meu sentimento é o das minhas colegas e dos meus colegas: profunda indignação".

Apesar do insulto de Bolsonaro a Patrícia Campos Mello ser parte de uma política de ataques aos direitos  Lo Prete tentou isolar o caso e disse que seu  protesto contra Bolsonaro "não tem nada a ver com política". 

Assista:

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247