Reportagem de capa do New York Times diz que ameaças de golpe por Bolsonaro podem desmantelar democracia no Brasil

Reportagem de capa do jornal New York Times ressalta que Jair Bolsonaro tem promovido “ameaças de golpe abalam o Brasil com o aumento das mortes por vírus" e que a crise pode “desmantelar a maior democracia da América Latina"

Capa do New York Times e Jair Bolsonaro
Capa do New York Times e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornal New York Times, o mais influente dos Estados Unidos, publicou uma reportagem na capa da sua versão imprensa onde ressalta que Jair Bolsonaro tem promovido “ameaças de golpe que abalam o Brasil em meio ao aumento das mortes pelo coronavírus”. A reportagem destaca, ainda, que o Brasil está em meio a uma crise que pode “desmantelar a maior democracia da América Latina. 

“Enquanto o Brasil se recupera de sua pior crise em décadas, o presidente Bolsonaro e seus aliados estão usando a perspectiva de intervenção militar para proteger seu poder”, destaca a reportagem assinada por Simon Romero, Letícia Casado e Manuela Andreoni. 

No texto, eles observam que “as ameaças estão girando em torno do presidente: as mortes por vírus no Brasil são agora as mais altas do mundo. Os investidores estão fugindo do país. O presidente, seus filhos e aliados estão sob investigação. Sua eleição pode até ser anulada. 

"A crise tornou-se tão intensa que algumas das figuras militares mais poderosas do Brasil alertam para a instabilidade - enviando estremecimentos que poderiam assumir e desmantelar a maior democracia da América Latina”, ressaltam os autores da reportagem. 

Neste domingo (7), o jornal britânico Financial Times publicou um editorial em que afirmava que Jair Bolsonaro “desperta o temor” na democracia e que o Brasil corre o risco real de uma escalada autoritária. 

“Enquanto o Brasil se recupera de sua pior crise em décadas, o presidente Bolsonaro e seus aliados estão usando a perspectiva de intervenção militar para proteger seu poder”, destaca a reportagem assinada por Simon Romero, Letícia Casado e Manuela Andreoni.

No texto, eles observam que “as ameaças estão girando em torno do presidente: as mortes por vírus no Brasil são agora as mais altas do mundo. Os investidores estão fugindo do país. O presidente, seus filhos e aliados estão sob investigação. Sua eleição pode até ser anulada. 

"A crise tornou-se tão intensa que algumas das figuras militares mais poderosas do Brasil alertam para a instabilidade - enviando estremecimentos que poderiam assumir e desmantelar a maior democracia da América Latina”, ressaltam os autores da reportagem. 

Neste domingo (7), o jornal britânico Financial Times publicou um editorial em que afirmava que Jair Bolsonaro “desperta o temor” na democracia e que o Brasil corre o risco real de uma escalada autoritária. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247