Robson Sávio: Brasil trocou o estado de direito pelo estado togado de direita

"Moro proíbe que advogados de Lula gravem o depoimento. E, depois, todos sabemos: aqueles vazamentos combinados com a imprensa para o espetáculo da fogueira midiático-inquisitorial global. É fato: era uma vez estado democrático de direito. Agora, só estado togado de DIREITA", diz o cientista político Robson Sávio Reis Souza

RIO DE JANEIRO, 04.12.2014: CORRUPÇÃO/JUSTIÇA - O juiz federal de Curitiba Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, participa do Seminário Nacional sobre Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, no Rio de Janeiro. (Foto: Ricardo Borges/Folhap
RIO DE JANEIRO, 04.12.2014: CORRUPÇÃO/JUSTIÇA - O juiz federal de Curitiba Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, participa do Seminário Nacional sobre Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, no Rio de Janeiro. (Foto: Ricardo Borges/Folhap (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Robson Sávio Reis Souza, em seu Facebook

Moro proíbe que advogados de Lula gravem o depoimento. E, depois, todos sabemos: aqueles vazamentos combinados com a imprensa para o espetáculo da fogueira midiático-inquisitorial global.

É fato: era uma vez estado democrático de direito. Agora, só estado togado de DIREITA. 

Torquemada, o mais facínora dos inquisidores, remexe no túmulo. Está se sentindo apequenado diante das ações de seu discípulo tupiniquim...

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247