Rodrigo Constantino é demitido da Jovem Pan após culpar mulheres por estupro

Pelo Twitter, o comentarista bolsonarista confirmou a demissão. Ao comentar o caso de Mariana Ferrer, Constantino disse que mulheres provocam seus próprios estupros e gerou onda de indignação

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O comentarista Rodrigo Constantino foi demitido da rádio Jovem Pan nesta quarta-feira (4), depois que viralizou nas redes sociais vídeo em que o apoiador de Jair Bolsonaro culpa as mulheres por casos de estupro, ao comentar o caso da blogueira Mariana Ferrer

Pelo Twitter, Constantino confirmou a demissão, disse ter tido sua fala distorcida e que jamais faria apologia ao estupro. 

"Vcs venceram uma batalha, parabéns! A pressão foi tão grande sobre a Jovem Pan, DISTORCENDO CLARAMENTE MINHA FALA, que não resistiram. Não os culpo. É do jogo. Quem me conhece e quem viu de fato sabe que eu jamais faria apologia ao estupro! Mas desde já estou fora da Jovem Pan", afirmou o bolsonarista. 

Assista à declaração de Rodrigo Constantino que gerou revolta na internet:

 Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247