Rui Costa Pimenta diz na Jovem Pan que Lula deve ser eleito para evitar um Brasil completamente subalterno

Líder do PCO disse ainda que Jair Bolsonaro compreende melhor a psicologia popular do que vários políticos de esquerda

www.brasil247.com - Rui Costa Pimenta e Lula
Rui Costa Pimenta e Lula (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Ricardo Stuckert)


247 – O presidente do Partido da Causa Operária, Rui Costa Pimenta, disse na Jovem Pan que o ex-presidente Lula precisa ser eleito para que o Brasil não seja colocado numa posição completamente subalterna. “Uma vitória de Bolsonaro, João Doria ou Sergio Moro levará o país para um desastre histórico. Para o capitalismo internacional, países como o Brasil têm que ser reduzidos a uma posição subalterna. O Brasil perdeu sua indústria, a miséria aumentou. Se nós tivermos mais um governo profundamente submisso a essas diretrizes, poderemos chegar a uma posição que seria difícil voltar", disse ele.

Rui afirmou ainda que "Bolsonaro entende mais a psicologia popular que a própria esquerda" e fez críticas ao identitarismo. “Esse progressismo é uma fachada porque o capitalismo está muito fraco. O capital precisa apresentar uma face humana que defenda, por exemplo, a mulher e os negros”, afirmou. Na entrevista, ele também criticou a política de alianças. “O governo Lula fez algumas reformas importantes, mas você não vai resolver os problemas do país com os donos do país. Você teria que romper. É possível [chegar ao socialismo], em tese, ao fazer reformas políticas e mudar o sistema democrático”, afirmou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email