Sakamoto: Temer que se candidatar com desemprego de 12,7 milhões?

"A crise econômica continua gerando postos de trabalho precarizados, que não garantem férias remuneradas, 13º salário, descanso semanal, licença maternidade, limite de jornada, enfim, nenhum dos direitos mais básicos que não foram sustados pela Reforma Trabalhista", diz o jornalista Leonardo Sakamoto 

"A crise econômica continua gerando postos de trabalho precarizados, que não garantem férias remuneradas, 13º salário, descanso semanal, licença maternidade, limite de jornada, enfim, nenhum dos direitos mais básicos que não foram sustados pela Reforma Trabalhista", diz o jornalista Leonardo Sakamoto 
"A crise econômica continua gerando postos de trabalho precarizados, que não garantem férias remuneradas, 13º salário, descanso semanal, licença maternidade, limite de jornada, enfim, nenhum dos direitos mais básicos que não foram sustados pela Reforma Trabalhista", diz o jornalista Leonardo Sakamoto  (Foto: Leonardo Lucena)

247 - "A taxa de desemprego de 12,2% no trimestre entre novembro de 2017 e janeiro de 2018, o que significa a manutenção do total de desocupados em 12,7 milhões, é um choque de realidade na viagem psicodélica daqueles que preveem Michel Temer como candidato competitivo, caso venha a disputar a Presidência da República em outubro", afirma o jornalista Leonardo Sakamoto.

"Claro que deve-se considerar que há uma questão sazonal, com a dispensa dos empregados contratados para as festas de final de ano. Mas se geração de vagas fosse forte e consistente, haveria retenção dessas pessoas e o resultado seria positivo".

O blogueiro continua dizendo que "a crise econômica continua gerando postos de trabalho precarizados, que não garantem férias remuneradas, 13o salário, descanso semanal, licença maternidade, limite de jornada, enfim, nenhum dos direitos mais básicos que não foram sustados pela Reforma Trabalhista".

"Esse crescimento na informalidade pode ser uma etapa anterior à geração de empregos formais. Mas nada de muito bom pode ser construído alijando uma massa de trabalhadores de um patamar mínimo de dignidade sob promessa de algo melhor. Principalmente uma candidatura presidencial".

Leia a íntegra no Blog do Sakamoto

Ao vivo na TV 247 Youtube 247