Se STJ acompanhar relator, Lula irá para semiaberto em outubro

"O relator do recurso em agravo regimental do ex-presidente Lula rejeitou todas as argumentações de defesa, mas propôs a revisão da pena de 12 anos e um mês para 8 anos, 10 meses 20 dias", reforça o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço; "Não é definitivo, é apenas o voto do relator. Mas isso implica na redução do tempo para a concessão do regime semiaberto para perto de 1 ano e seis meses (um sexto da pena) , dos quais Lula já cumpriu quase 13 meses, o que levaria sua liberação para outubro deste ano"

Se STJ acompanhar relator, Lula irá para semiaberto em outubro
Se STJ acompanhar relator, Lula irá para semiaberto em outubro (Foto: Stuckert)

Por Fernando Brito, do Tijolaço - O relator do recurso em agravo regimental do ex-presidente Lula rejeitou todas as argumentações de defesa, mas propôs a revisão da pena de 12 anos e um mês para 8 anos, 10 meses 20 dias.

Não é definitivo, é apenas o voto do relator. Mas isso implica na redução do tempo para a concessão do regime semiaberto para perto de 1 ano e seis meses (um sexto da pena) , dos quais Lula já cumpriu quase 13 meses, o que levaria sua liberação para outubro deste ano.

A tendência é que, se isso se modificar, será para menos.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247