Secretário do MEC é sócio do dono do 'Brasil sem Medo', site lançado por Olavo de Carvalho

O "maior jornal conservador da internet brasileira", como foi anunciado em seu lançamento por Olavo de Carvalho, pertence a Arno Alcântara Júnior, sócio do secretário de Alfabetização do Ministério da Educação, Carlos Francisco Nadalim, em uma empresa de cursos on-line

Olavo de Carvalho e Carlos Francisco Nadalim
Olavo de Carvalho e Carlos Francisco Nadalim (Foto: Reprodução/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Lançado na quinta-feira (5) pelo "guru" do bolsonarismo e presidente do conselho editorial, Olavo de Carvalho, o site Brasil sem Medo pertence a Arno Alcântara Júnior, sócio do secretário de Alfabetização do Ministério da Educação, Carlos Francisco Nadalim, informa O Estado de S.Paulo nesta terça-feira (10).

Arno e Nadalim, o único remanescente das indicações de Olavo de Carvalho no MEC, são sócios na empresa Alcantara e Nadalim Cursos On-Line LTDA. Entre os produtos oferecidos pela parceria, destaque para o curso voltado para pais 'Como Educar seus Filhos', que "teve grande aprovação entre os entusiastas da educação domiciliar e defensores do método fônico de alfabetização. A difusão desse modelo de ensino tem sido a principal bandeira do secretário Nadalim desde que chegou ao MEC", conta a reportagem.

"Em nota, o ministério disse que Nadalim encerrou uma sociedade para assumir o cargo, mas não especificou o nome da empresa. O MEC afirmou ainda que o secretário não é sócio de Alcantara Júnior no Brasil sem Medo e que ele não tem 'qualquer ligação ou participação' no site. No entanto, até a última sexta-feira, 6, o Brasil sem Medo tinha a informação de que o site é de propriedade de Ancantara Júnior. A empresa com o nome dos dois, Alcantara e Nadalim, continua com cadastro ativo nos sistemas da Receita Federal e da Junta Comercial do Paraná. O secretário tenta desde fevereiro se desligar do quadro societário da empresa e chegou a recorrer à Justiça, mas ainda não há uma decisão", diz o Estado.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247