CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Senado argentino aprova lei de controle sobre papel-jornal

Projeto seria para quebrar monoplio nos veculos de comunicao no pas, mas oposio garante que uma forma de controlar a imprensa

Senado argentino aprova lei de controle sobre papel-jornal (Foto: Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Em guerra com os veículos de comunicação do país, o Senado da Argentina aprovou nesta quinta-feira um projeto de lei que declara o papel-jornal como um bem de interesse público. A iniciativa muda as regras para a regulamentação de comercialização do material, e chega na mesma semana em que a sede do Clarín, maior conglomerado comunicacional do país, foi invadida por militares.

O argumento do governo de Cristina Kirchner, que possui maioria na casa, é a quebra de um monopólio. Atualmente, a única indústria de produção de papel-jornal da Argentina é controlada pelo Clarín e pelo La Nación, os dois maiores jornais argentinos. A medida possibilitaria o surgimento de outros veículos, que não estão inclusos nestes grupos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Por outro lado, a imprensa, que faz oposição ao governo, critica a medida como uma forma de regulamentar a circulação das críticas cada vez mais constantes à presidente. Atualmente, a empresa Papel Prensa, responsável pela fabricação do material, tem participação de 27% do Estado, mas este não tinha controle sobre ela.

O projeto segue agora para o gabinete de Cristina Kirchner, que deve sancionar a lei em breve.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO