Sensacionalista: Lava Jato tinha prova mas não tinha convicção para investigar FHC

O site humorístico Sensacionalista ironizou Sérgio Moro, que tentou interferir no trabalho do MPF-PR durante a Lava Jato. "Lava Jato tinha prova mas não tinha convicção para investigar FHC", afirmou o site em referência à declaração do procurador Deltan Dallagnol. Em 2016, ele apresentou a denúncia contra Lula e disse que tinha "plena convicção" de que o ex-presidente era o proprietário do triplex em Guarujá (SP). Ao ciar FHC, o site fez referência à mais nova revelação do Intercep Brasil, que apontou proteção da Lava Jato ao tucano

Sensacionalista: Lava Jato tinha prova mas não tinha convicção para investigar FHC
Sensacionalista: Lava Jato tinha prova mas não tinha convicção para investigar FHC (Foto: Reuters)

247 - O site humorístico Sensacionalista ironizou o atual ministro da Justiça e Segurnaça Pública, Sérgio Moro, que tentou interferir no trabalho do MPF-PR durante a Operação Lava Jato. "Lava Jato tinha prova mas não tinha convicção para investigar FHC", afirmou o site em referência à declaração do procurador Deltan Dallagnol. Em 2016, ele apresentou a denúncia contra Lula e disse que tinha "plena convicção" de que o ex-presidente era o proprietário do triplex em Guarujá (SP).

Ao ciar FHC, o site fez referência à mais nova revelação do Intercep Brasil, que apontou proteção da Lava Jato ao tucano.

Leia a íntehra do texto publicado pelo Sensacionalista:

O então juiz Sérgio Moro reclamou de uma investigação contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, afirmando que isso poderia “melindrar” alguém cujo apoio seria importante.

A revelação está em mais um capítulo da minissérie Vaza Jato, no site Interflix. Nesse episódio, ficamos sabendo que os representantes da justiça combinaram tudo para parecer imparciais.

Moro chegou a ganhar uma placa de funcionário do mês no PSDB.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247