Sikêra Jr. é condenado a pagar danos morais a Junno Andrade, marido de Xuxa, por chamá-lo de gigolô

"Não faz nada na vida. É o que está ligando para todo mundo pedindo para meter o pau em mim. Não vive de outra coisa, na asa", insultou Sikêra

www.brasil247.com -
(Foto: RedeTV!/Reprodução e Foto: Divulgação)


247 - A Justiça de São Paulo condenou o apresentador Sikêra Jr. e a Rede TV a pagarem R$ 10 mil de indenização por danos morais a Junno Andrade, esposo da apresentadora Xuxa Meneghel, por ofensas contra o ator. De acordo com reportagem do jornal O Globo, Sikêra chamou Junno de gigolô, ofendendo também a apresentadora Xuxa.

"E tem também lá o 'jugolô', não faz nada na vida. É o que está ligando para todo mundo pedindo para meter o pau em mim. Não vive de outra coisa, na asa. Já tentou de tudo, não consegue fazer sucesso", disse Sikêra durante programa ao vivo. 

A ação foi movida em novembro de 2020. O parecer do juiz considerou que mesmo usando o trocadilhos, as expressões têm conteúdo claro e notório, “dispensando maiores digressões a respeito". 

A decisão ainda cabe recurso. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email