Singer explica por que deputados arriscam reeleição para sustentar Temer 3%

Cientista político e professor da USP André Singer afirmou neste sábado, 23, que a segunda denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer dá conta de uma sistemática ocupação de espaços –tanto no Legislativo quanto no Executivo– com vistas à obtenção de dinheiro; nos rincões do País, no entanto, esta narrativa pode não ser suficiente para derrubar o peemedebista; "Nos rincões do país, o eleitor não sabe quem é o candidato a deputado no qual votará em 2018. Receberá do prefeito um número, digitará na urna, apertará o confirma e acabou. Está reeleito mais um dos que sustentou o quadrilhão"

www.brasil247.com - Cientista político e professor da USP André Singer afirmou neste sábado, 23, que a segunda denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer dá conta de uma sistemática ocupação de espaços –tanto no Legislativo quanto no Executivo– com vistas à obtenção de dinheiro; nos rincões do País, no entanto, esta narrativa pode não ser suficiente para derrubar o peemedebista; "Nos rincões do país, o eleitor não sabe quem é o candidato a deputado no qual votará em 2018. Receberá do prefeito um número, digitará na urna, apertará o confirma e acabou. Está reeleito mais um dos que sustentou o quadrilhão"
Cientista político e professor da USP André Singer afirmou neste sábado, 23, que a segunda denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer dá conta de uma sistemática ocupação de espaços –tanto no Legislativo quanto no Executivo– com vistas à obtenção de dinheiro; nos rincões do País, no entanto, esta narrativa pode não ser suficiente para derrubar o peemedebista; "Nos rincões do país, o eleitor não sabe quem é o candidato a deputado no qual votará em 2018. Receberá do prefeito um número, digitará na urna, apertará o confirma e acabou. Está reeleito mais um dos que sustentou o quadrilhão" (Foto: Aquiles Lins)


247 - O cientista político André Singer afirmou neste sábado, 23, que a segunda denúncia do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer dá conta de uma sistemática ocupação de espaços –tanto no Legislativo quanto no Executivo– com vistas à obtenção de dinheiro.

"Comandada por Michel Temer, a tropa formada por Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha e Wellington Moreira Franco teria agido sempre em conjunto, apesar de por muito tempo parecer que Cunha fosse um ponto fora da curva", diz Singer. 

Segundo Singer, nos rincões do país, o eleitor não sabe quem é o candidato a deputado no qual votará em 2018. Receberá do prefeito um número, digitará na urna, apertará o confirma e acabou. Está reeleito mais um dos que sustentou o quadrilhão.

"Acrescento que os rincões são mais importantes na política do Brasil do que se costuma pensar. De acordo com o IBGE, 43% da população vive espalhada em 5.260 municípios com até 100 mil habitantes. Em particular, 16% se encontra em quase 4.000 municípios de apenas 20 mil moradores", diz o cientista político. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Talvez não seja a missa inteira, mas ajuda a entender parte do mistério da salvação", afirma Singer. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia na íntegra o texto de André Singer. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email