Stoppa: Barroso quer ser o novo galã da Rede Globo

Ao condenar a postura do juiz do TSE e STF, Luís Roberto Barroso, que votou contra os direitos políticos de Lula, o apresentador Leonardo Stoppa afirma que "muitos juízes estão abrindo mão da sua reputação para ganhar visibilidade midiática", destacando que "Barroso está muito mais interessado em virar galã global do que ser um jurista renomado"; assista a íntegra do programa Léo ao Quadrado 

Stoppa: Barroso quer ser o novo galã da Rede Globo
Stoppa: Barroso quer ser o novo galã da Rede Globo

TV 247 - O programa Léo ao Quadrado deste sábado (1) abordou a votação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que, por 6x1, deliberou na madrugada de sexta para sábado rejeitar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, além de proibir a suas aparições na campanha de rádio e TV. 

O apresentador Leonardo Stoppa explica que a decisão do TSE não é definitiva, cabendo recursos por parte da defesa. "Tanto que Lula aparece na propaganda de TV e rádio vinculada nesta sábado, a decisão não muda a postura do PT de lutar até o último momento pela candidatura do ex-presidente", elucida. 

Stoppa afirma que a votação do STF "deixou claro que os ministros basearam-se em interesses pessoais para prejudicar o ex-presidente". 

O jornalista Leonardo Attuch destaca que o juiz do TSE e STF, Luís Roberto Barroso, foi contra sua própria argumentação anterior, ignorando a resolução da ONU que recomenda a garantia dos direitos políticos a Lula. "Barroso seguiu a agenda da Globo", condena. 

"Muitos juízes estão abrindo mão da sua reputação jurídica para ganhar a reputação midiática, Barroso está muito mais interessado em virar galã global do que ser um jurista renomado", explicita Stoppa. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Léo ao Quadrado 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247