Temer, com suas fraquezas, é o pai da crise, diz Noblat

"A oposição ao governo lambe os beiços diante do que lhe foi servido de graça. O governo balança como uma vara fina sujeita a ventos fortes. O estado delicado da economia não passará ileso pela mais nova crise política que tem um único pai: Temer com suas fraquezas", diz o colunista do Globo, que aponta as evidências do crime de responsabilidade cometido por Temer

"A oposição ao governo lambe os beiços diante do que lhe foi servido de graça. O governo balança como uma vara fina sujeita a ventos fortes. O estado delicado da economia não passará ileso pela mais nova crise política que tem um único pai: Temer com suas fraquezas", diz o colunista do Globo, que aponta as evidências do crime de responsabilidade cometido por Temer
"A oposição ao governo lambe os beiços diante do que lhe foi servido de graça. O governo balança como uma vara fina sujeita a ventos fortes. O estado delicado da economia não passará ileso pela mais nova crise política que tem um único pai: Temer com suas fraquezas", diz o colunista do Globo, que aponta as evidências do crime de responsabilidade cometido por Temer (Foto: Gisele Federicce)

247 – O colunista do Globo Ricardo Noblat diz em sua coluna nesta sexta-feira 25 que Michel Temer, com as suas fraquezas, é o único pai da atual crise política no País.

"A oposição ao governo lambe os beiços diante do que lhe foi servido de graça. O governo balança como uma vara fina sujeita a ventos fortes. O estado delicado da economia não passará ileso pela mais nova crise política que tem um único pai: Temer com suas fraquezas", diz ele, ao comentar as denúncias de Marcelo Calero.

Noblat destaca os incisos do artigo nono da lei 1.079 de 10 de abril de 1950, invocada para tirar Dilma Rousseff do cargo, que implicam crime de responsabilidade ao atual presidente da República (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247