'Temos de proteger a privacidade e a saúde mental das pessoas', diz Mark Zuckerberg

Em entrevista ao Estado de S. Paulo, o fundador do Facebook disse que é preciso ser mais ativo e confrontar essas dúvidas sobre a utilização dos dados de usuários. "Precisamos manter a segurança e a integridade das nossas plataformas. Proteger a privacidade, a saúde mental e o bem-estar das pessoas"

Facebook CEO Mark Zuckerberg testifies before the House Energy and Commerce Committee on April 11, 2018.
Facebook CEO Mark Zuckerberg testifies before the House Energy and Commerce Committee on April 11, 2018. (Foto: Andrew Harnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O fundador e presidente executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, concedeu entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo e defendeu a rede social proteja a privacidade dos seus usuários. 

"Precisamos ser mais ativos e confrontar essas dúvidas. Muito do que vimos nos últimos dois anos é que precisamos acompanhar certos aspectos sociais. Precisamos manter a segurança e a integridade das nossas plataformas. Proteger a privacidade, a saúde mental e o bem-estar das pessoas", disse Zuckerberg, ao ser questionado sobre o que o Facebook pode fazer para pelas pessoas que não entendem o que é feito com seus dados ou não fazem um uso responsável das plataformas. 

"São questões que trabalhamos há algum tempo, mas que não eram centrais nos produtos, porque achávamos que não era para isso que elas estavam usando os aplicativos. As pessoas queriam se conectar com seus amigos, não saber o que estávamos fazendo para moderar o conteúdo. Agora, porém, nossos serviços chegaram a uma escala na qual é importante que as pessoas entendam essas questões. Precisamos melhorar e fazer mais sobre isso", afirmou. 

Leia a entrevista na íntegra

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email