Tijolaço: Ministro da Justiça mentiu escandalosamente e tem de ser exonerado

Jornalista Fernando Brito destaca o documento em que a governadora de Roraima, Suely Campos, pede ao ministro da Justiça ajuda da Força Nacional de Segurança e lembra que Alexandre de Moraes negou que o governo negou que o Estado tivesse pedido apoio; "Alexandre Moraes perdeu as condições morais de tratar de qualquer coisa com os estados da Federação. Quem pode confiar nele, depois disso? Ele é a bola da vez do Governo Temer", defende; o governo anunciou essa semana um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais, mais um em cada Estado da federação, que receberá o repasse de R$ 1,8 bilhão do fundo penitenciário

Jornalista Fernando Brito destaca o documento em que a governadora de Roraima, Suely Campos, pede ao ministro da Justiça ajuda da Força Nacional de Segurança e lembra que Alexandre de Moraes negou que o governo negou que o Estado tivesse pedido apoio; "Alexandre Moraes perdeu as condições morais de tratar de qualquer coisa com os estados da Federação. Quem pode confiar nele, depois disso? Ele é a bola da vez do Governo Temer", defende; o governo anunciou essa semana um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais, mais um em cada Estado da federação, que receberá o repasse de R$ 1,8 bilhão do fundo penitenciário
Jornalista Fernando Brito destaca o documento em que a governadora de Roraima, Suely Campos, pede ao ministro da Justiça ajuda da Força Nacional de Segurança e lembra que Alexandre de Moraes negou que o governo negou que o Estado tivesse pedido apoio; "Alexandre Moraes perdeu as condições morais de tratar de qualquer coisa com os estados da Federação. Quem pode confiar nele, depois disso? Ele é a bola da vez do Governo Temer", defende; o governo anunciou essa semana um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais, mais um em cada Estado da federação, que receberá o repasse de R$ 1,8 bilhão do fundo penitenciário (Foto: Gisele Federicce)

Por Fernando Brito, do Tijolaço

Ninguém me contou, eu mesmo vi e ouvi, na Globonews, Alexandre de Moraes dizer que a governadora de Roraima não havia pedido apoio do Governo Federal para o sistema prisional do Estado, mas para “a segurança pública”.

Com todas as letras e a maior cara de pau.

Agora, surge o documento em que Suely Campos, expressamente, pede – e no final de novembro –  em caráter de urgência apoio do governo federal, bem como da Força Nacional de Segurança “em virtude dos últimos acontecimentos no sistema prisional do Estado de Roraima”.

Nem com o dicionário do Michel Temer dá para ter interpretação diferente.

O texto está aí acima e é só clicar para ampliar.

Alexandre Moraes perdeu as condições morais de tratar de qualquer coisa com os estados da Federação.

Quem pode confiar nele, depois disso?

Ele é a bola da vez do Governo Temer.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247